Conheça o Real Gabinete Português de Leitura, no Rio de Janeiro

A quarta biblioteca mais bela do mundo vai encher teus olhos e tua alma.

1. Real Gabinete Português de Leitura, no Rio de Janeiro

No centro do Rio de Janeiro está um dos prédios mais belos da cidade, o que abriga o Real Gabinete Português de Leitura, com sua fachada inspirada no monumental Mosteiro dos Jerônimos, em Lisboa. Especificamente, ele se encontra no número 30 da rua Luis de Camões, um local repleto de história e beleza. Aliás, foi neste local que a família real portuguesa desembarcou, em 1808, fugindo de Napoleão, com aproximadamente 15 mil pessoas. Sem dúvida, um marco arquitetônico e cultural da presença de Portugal no Brasil, que nos foi deixada como herança daqueles idos de 1837, quando foi fundada.

Aberta ao público somente em 1900, era comum, em seus corredores, a presença ilustre de Machado de Assis, Olavo Bilac e João do Rio. O lugar respira história e cultura!

Além de possuir o maior acervo de obras portuguesas fora de Portugal, o Real Gabinete Português de Leitura foi palco das cinco primeiras sessões oficiais da Academia Brasileira de Letras, fundada por Machado de Assis. Lá está, também, o exemplar princeps (primeira edição de um livro) de "Os Lusíadas", de 1572, que pertenceu à Companhia de Jesus.

Além do seu vasto acervo literário, o lugar, de silêncio ensurdecedor, possui uma decoração deslumbrante. Então, recomenda-se ao visitante que, primeiramente, ao adentrar no recinto, que olhe para cima: além de um belíssimo e imponente candelabro adornando o teto do salão, uma incrível claraboia em ferro e vidro – dizem ser a primeira desse tipo no Brasil – que não deixa nada a desejar aos mais belos vitrais das Igrejas europeias. 

Em meio a esse cenário, a biblioteca acolhe visitantes diariamente, que vão em busca do silêncio para estudar e pesquisar, assim como para se encantar com a beleza deslumbrante do local, onde todo o acervo encontra-se disponível e informatizado, para a alegria dos que anseiam por conhecimento.

"Qualquer um do povo" pode ter acesso ao acervo da biblioteca, este é seu lema, que pode se dar de segunda a sexta-feira, das 9h às 18hs, sempre tendo bibliotecários profissionais disponíveis para auxiliar os que buscam.

Além de biblioteca, o Real Gabinete atua como uma espécie de curador das relações culturais e sociais luso-brasileiras, desenvolvendo atividades por meio do Centro Cultural, do Centro de Estudos, do Pólo de Pesquisa Sobre as Relações Luso-brasileiras, e por esse motivo oferece uma porção de cursos, conferências e palestras, em sua maioria ligadas à literatura, com especial enfoque na cultura e na produção luso-brasileira.

O Real Gabinete funciona, ainda, como uma espécie de "depósito legal" da literatura portuguesa, e por este motivo, recebe anualmente, um exemplar de cada obra literária publicada em Portugal. Um maravilha do conhecimento!

Veja, adiante, outras fotos do local.

por Frederico Monteiro